Agência ambiental americana reconhece o biometano como combustível avançado

A Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA, sigla em Inglês) confirmou o biometano como um biocombustível avançado, ou seja, considerado renovável, de baixo carbono e que pode contribuir de forma significativa para a redução das emissões de gases causadores do efeito estufa (GEE). Biocombustíveis avançados emitem pelos menos 50% a menos de gás…