Dilma veta energias renováveis não hidráulicas no Plano Plurianual

A presidente retirou do Plano Plurianual 2016-2019 iniciativas voltadas para o fortalecimento das fontes renováveis na matriz energética brasileira, contradizendo seu discurso durante a COP21 de Paris, em dezembro passado. Na semana passada, Dilma Rousseff vetou diversos pontos do Plano Plurianual (PPA) para o período de 2016-2019. No Programa 2033, com foco nos objetivos, metas…

Biomassa e as Energias Renováveis crescem mesmo com a crise e dificuldades

Fontes como energia solar, energia eólica e biomassa aumentaram a participação na matriz energética brasileira. O ano em geral no Brasil foi de instabilidade e dificuldades em todos os setores da indústria. As péssimas notícias de desvios de dinheiro público, desvalorização de algumas das principais estatais nacionais, aliados a incompetência dos governantes na gestão pública,…